♥ Comportamento

                          Imaginando uma vida através da música.       



Sabe aquela sensação de você ouvir uma certa música e então, você começa a viajar, criar momentos e diálogos que você gostaria que acontecesse com você? É como se a música me incentivasse a criar imagens, como uma cineastra, a criar diálogos como uma roteirista, imaginar e imaginar, poder sentir todos aqueles momentos com meu coração e crer, desejar que um dia se tornem realidade ... Pois é, toda vez que ouço certa música fico pensando na minha vida, imaginando cada detalhe, cada acontecimento. Respiro fundo e torço para com que um dia isso possa acontecer... será impossível ou possível? Como saber? Como não criar expectativas ou não deixar minha ansiedade atrapalhar? Na maioria das vezes, imagino meus sonhos se tornando realidade. Então, paro e penso: para eles se realizarem, eu devo me esforçar, lutar para que um dia tudo seja como eu exatamente imaginei. Enquanto penso tudo isso, a música continua tocando e tocando... tocando meu coração, meus sentimentos, minha vida! Gosto desse efeito que a música tem sobre mim. Incrível não? E com você, também é assim?
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Obs:Todos os textos escritos neste blog são de autoria minha, Flávia Pereira. Plágio é crime, está proibida a cópia de qualquer obra feita por mim sem os devidos créditos, de acordo com a Lei nº 9.610. segundo os Direitos Autorais.

4 comentários:

  1. Me sinto da mesma maneira

    http://www.rayneon.com.br/

    ResponderExcluir
  2. tenho essa senssação sempre! E me acho doida, sempre ouço alguma musica e acho que ela foi escrita pra mim, ahhaahaha fala serio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Digamos que é uma sensação universal HAHAHA

      Excluir

Obrigada por ler o blog e deixar seu comentário. Seja bem vinda (o) e volte sempre hiihi ♥

 
Layout criado e codificado para o blog Lady Stronger | Cópia proibida © 2016